Quais são alguns tipos diferentes de identidade de gênero?

Tipos diferentes de identidade de gênero?

Os fatores genéticos geralmente definem o sexo de uma pessoa, mas o gênero se refere à forma como ela se identifica internamente. Apenas o indivíduo pode determinar sua própria identidade de gênero, e ela não precisa ser fixa. Alguns exemplos de tipos de identidade de gênero incluem não-binário, cisgênero e gênero fluido.


Este artigo discutirá o que é a identidade de gênero, algumas definições de diferentes identidades de gênero e onde as pessoas podem encontrar apoio. Também examinará como o gênero existe em um espectro.

O que é identidade de gênero?

O termo identidade de gênero se refere ao senso pessoal do próprio gênero de um indivíduo.

Porque o sexo de uma pessoa e sua identidade de gênero não precisam ser iguais, é importante saber a diferença entre eles.

Gênero

O gênero de uma pessoa é como ela se identifica internamente e como ela expressa isso externamente. As pessoas podem usar roupas, aparências e comportamentos para expressar o gênero com o qual se identificam.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) observa que o gênero é uma construção social que as pessoas geralmente descrevem em termos de feminilidade e masculinidade. Nas culturas ocidentais, as pessoas associam a feminilidade às mulheres e a masculinidade aos homens, mas essa construção social varia entre as culturas.

No entanto, o gênero não é dividido de forma simples ao longo das linhas binárias de “homem” e “mulher”.

Sexo

O sexo de uma pessoa é geralmente baseado em certos fatores biológicos, como seus órgãos reprodutivos, genes e hormônios.

Assim como o gênero, o sexo não é binário. Uma pessoa pode ter os genes que as pessoas associam ao sexo masculino ou feminino, mas seus órgãos reprodutivos, genitais ou ambos podem parecer diferentes.

Isso é chamado de diferenças no desenvolvimento sexual. As pessoas também podem se referir a diferenças no desenvolvimento sexual como intersexo.

As pessoas geralmente usam os termos “masculino”, “feminino” ou “intersexo” para se referir ao sexo de uma pessoa.

Saiba mais sobre a diferença entre sexo e gênero aqui.

Compartilhe no Pinterest
Maskot/Getty Images

Qual é a história da identidade de gênero?

Os conceitos e termos que se referem à identidade de gênero estão em constante mudança, à medida que nossas percepções evoluem.

O termo “identidade de gênero” apareceu pela primeira vez na década de 1960. Ele se referia ao senso interno de pertencer à categoria de homem ou mulher. Com o tempo, o termo passou a incluir pessoas que se identificam de outras formas. Ele se refere ao próprio senso de gênero de uma pessoa, independentemente do sexo que um médico tenha atribuído a ela ao nascer.

Alguns termos, como “transexual”, também mudaram de significado ao longo do tempo. No passado, esse termo se referia apenas a pessoas que haviam passado por certos procedimentos médicos, como uma mastectomia ou faloplastia. O significado desse termo se ampliou para incluir pessoas que estão se movendo em direção a uma identidade de gênero diferente daquela atribuída a elas ao nascer.

Outra linguagem também mudou em termos de aceitabilidade. O termo “queer”, por exemplo, era historicamente usado como um insulto contra pessoas que não se conformavam às expectativas sobre expressão ou identidade de gênero. Agora, algumas pessoas o reivindicaram. Ele pode ser aceitável em algumas circunstâncias, mas ofensivo se as pessoas o usarem de forma inadequada.

Também é importante observar que a identidade de gênero pode não se encaixar em uma categoria. Rótulos podem ajudar uma pessoa a entender sua identidade, mas as identidades de gênero nem sempre são classificáveis dessa maneira. À medida que as pessoas passam a perceber sua identidade de gênero de novas maneiras, elas podem descobrir que nenhum termo único a define. Ou podem se identificar de várias maneiras.

Identidade de gênero e o espectro

A identidade de gênero de uma pessoa não se limita a ser apenas homem ou mulher. Algumas pessoas não se identificam com nenhum gênero, enquanto outras se identificam com múltiplos gêneros.

De acordo com o projeto The Trevor, a identidade de gênero de uma pessoa pode consistir no seguinte.

Identidade de gênero

Este termo se refere ao senso pessoal do próprio gênero de um indivíduo.

Algumas pessoas se identificam como homem, enquanto outras se identificam como mulher. Outras podem se identificar como nenhum, ambos ou em algum lugar entre eles.

Expressão e apresentação de gênero

Isso se refere a como uma pessoa se expressa aos outros e como ela quer que o mundo a veja.

Uma pessoa pode se apresentar como totalmente masculina ou totalmente feminina. Ou uma pessoa pode se apresentar como andrógina ou não-binária.

A expressão e apresentação de gênero envolvem aspectos como maneirismos, estilos de vestuário, nomes e escolhas de pronomes, para citar alguns.

Aqui, saiba mais sobre pronomes de gênero.

Quais são algumas identidades de gênero diferentes?

As seguintes são algumas identidades de gênero e suas definições.

Agênero

Uma pessoa que é agênero não se identifica com nenhum gênero específico, ou pode não ter gênero algum.

Outros termos para isso podem incluir:

  • gênero neutro
  • null-gênero
  • sem gênero
  • neutrois

Andrógine

Uma pessoa que se identifica como andrógine tem um gênero que é tanto masculino e feminino, ou entre masculino e feminino.

Bigênero

Uma pessoa que se identifica como bigênero tem dois gêneros.

Pessoas que são bigênero frequentemente exibem papéis culturais masculinos e femininos.

Butch

Mulheres, especialmente lésbicas, tendem a usar esse termo para descrever a maneira como expressam masculinidade, ou o que a sociedade define como masculinidade.

No entanto, o Centro de Recursos LGBTQIA afirma que “butch” também pode ser uma identidade de gênero em si.

Cisgênero

Uma pessoa cisgênero se identifica com o sexo que lhe foi atribuído ao nascer.

Por exemplo, uma mulher cisgênero é alguém que ainda se identifica com o sexo feminino, que um médico lhe atribuiu ao nascer.

Expansivo de gênero

O Centro de Recursos LGBTQIA define expansivo de gênero como um “termo guarda-chuva usado para indivíduos que ampliam as definições comumente aceitas de gênero de sua própria cultura, incluindo expectativas para sua expressão, identidades, papéis e/ou outras normas de gênero percebidas.”

Aqueles que são expansivos de gênero incluem pessoas transgênero e pessoas cujo gênero amplia a noção da sociedade circundante sobre o que é gênero.

Fluido de gênero

Uma pessoa que se identifica como fluido de gênero tem uma identidade e expressão de gênero que varia entre ou vai além das expectativas da sociedade sobre gênero.

Fora da lei de gênero

Uma pessoa que se identifica como fora da lei de gênero se recusa a permitir que a definição da sociedade de “masculino” ou “feminino” as defina.

Não-binário

Uma pessoa que se identifica como não-binária não experimenta gênero dentro da binariedade de gênero.

Pessoas não-binárias também podem ter sobreposições com diferentes expressões de gênero, como serem não conformes ao gênero.

Omnigênero

Uma pessoa que se identifica como omnigênero experimenta e possui todos os gêneros.

Poligênero e pangênero

Pessoas que se identificam como poligênero ou pangênero experimentam e exibem partes de múltiplos gêneros.

Transgênero

Este é um termo guarda-chuva que engloba todas as pessoas que experimentam e se identificam com um gênero diferente daquele que seu sexo atribuído no nascimento sugeriria.

Embora a maioria das pessoas pense em homens trans e mulheres trans ao ouvir a palavra transgênero, esse termo também inclui pessoas que se identificam como um gênero que não seja homem ou mulher, incluindo não-binários e fluidos de gênero.

Trans

Trans é um termo mais inclusivo que engloba aqueles que se identificam como não-binários e aqueles que são sem gênero, de acordo com o Centro de Recursos LGBTQIA.

Two Spirit

Two Spirit é um termo guarda-chuva que engloba diferentes sexualidades e gêneros em comunidades indígenas nativas americanas.

Há muitas definições diferentes de Two Spirit, e pessoas indígenas nativas americanas podem ou não usar esse termo para descrever suas experiências e sentimentos de masculinidade e feminilidade.

Este é um termo cultural reservado para aqueles que se identificam como indígenas nativos americanos.

Para descobrir mais informações baseadas em evidências e recursos LGBTQIA+, visite nosso hub dedicado.

Onde uma pessoa pode encontrar apoio?

Nem todos aceitam pessoas com identidades de gênero diversas, o que pode ter um impacto negativo na saúde mental de uma pessoa.

No entanto, existem vários sites e comunidades online para os quais as pessoas podem recorrer em busca de apoio. Esses incluem:

  • O Projeto Trevor, que é uma organização LGBT que oferece educação e suporte
  • O Centro Nacional para a Igualdade Transgênero, que é uma organização que oferece educação e suporte para pessoas transgênero
  • A PFLAG, que é uma organização que oferece suporte, educação e defesa em todo os Estados Unidos, Distrito de Columbia e Porto Rico
  • A Trans Youth Family Allies, que é um site que oferece recursos e educação para membros da família, amigos e aliados de pessoas transgênero
  • A TransLatina Coalition, que é um grupo de defesa para pessoas transgênero e comunidades latino-americanas
  • O Gender Spectrum, que é um site de recursos e educação
  • A World Professional Association for Transgender Health, que é um site que oferece um diretório de profissionais de saúde e oportunidades de bolsas de estudo para pessoas transgênero

Perguntas frequentes

Aqui estão algumas perguntas que as pessoas podem fazer sobre identidade de gênero.

Quantas identidades de gênero existem?

Não existe um número fixo de identidades de gênero. Elas ocorrem em um espectro, o que significa que as possibilidades são infinitas. Cada pessoa pode encontrar um ponto específico no espectro que lhe pareça mais confortável e preciso, e isso pode mudar com o tempo. As pessoas não sabem exatamente o que influencia a identidade de gênero. Alguns fatores genéticos e fatores com os quais uma pessoa nasce podem desempenhar um papel.

O que influencia a identidade de gênero?

Vários fatores desempenham um papel, incluindo a socialização e nossas próprias escolhas. Os papéis e traços de gênero são dinâmicos, o que significa que podem mudar. O fato de um profissional de saúde identificar um bebê como masculino ou feminino ao nascer não define a identidade de gênero dessa pessoa.

Como posso saber minha identidade de gênero?

O primeiro passo é entender o que significa identidade de gênero, expressão de gênero, orientação sexual e sexo atribuído ao nascimento, e ver como você se sente em relação a essas ideias. Em seguida, pense sobre o espectro de identidades de gênero e onde você pode se sentir confortável. Talvez converse com amigos de várias identidades de gênero para se inspirar. E lembre-se de que não há necessidade de nenhum rótulo específico. Você pode optar por não ter um rótulo ou até mesmo criar o seu próprio.

Resumo

A identidade de gênero de uma pessoa nem sempre é a mesma que o seu sexo biológico, nem o seu gênero assumido com base no sexo atribuído. Isso depende de como ela se identifica como pessoa, e isso pode mudar ao longo do tempo.

As pessoas podem se identificar como mais masculinas, mais femininas, uma combinação de ambas ou nenhuma. Como uma pessoa expressa ou descreve seu gênero é algo pessoal para ela.