Coceira, vermelhidão e ressecamento tratando a dermatite atópica

Quando é necessário fazer a transição de um tratamento superficial para um que aborde efetivamente problemas de pele em todo o corpo? Descubra como seu dermatologista determina a melhor opção de tratamento.

Quando você deve considerar um tratamento avançado para o seu DA?

🌡️ Sua pele parece que está pegando fogo? Coça incontrolavelmente, fazendo você querer se coçar até o fim dos tempos? 🤔 Se sim, você pode estar lidando com dermatite atópica (DA), uma condição comum da pele que pode causar vermelhidão, descoloração, ressecamento e coceira intensa. Mas não se preocupe – existem muitas opções de tratamento disponíveis para ajudar você a encontrar alívio e restaurar sua pele ao seu antigo esplendor. Vamos mergulhar no mundo dos tratamentos para DA e explorar o que está disponível.

Avaliando a Severidade da DA

Antes de entrarmos nos tratamentos, é importante avaliar a severidade da sua DA. Os dermatologistas fazem isso observando a extensão da sua pele afetada. Quanto mais áreas inflamadas você tiver, mais grave é a sua condição. Além disso, a localização e aparência da DA podem fornecer insights sobre sua gravidade. Por exemplo, DA grave tende a ter uma cor vermelha mais intensa, mas em pessoas com pele mais escura, pode aparecer como descoloração ou até pigmentação mais clara. A pele espessada que se rompe facilmente é outro sinal de que sua DA requer um tratamento mais intensivo. Além disso, se medicamentos tópicos não foram eficazes no controle da vermelhidão, descoloração e coceira, opções mais potentes podem ser necessárias. A coceira da DA pode ser tão intensa que interfere na vida diária, afetando seu sono e trabalho.

🔍 P: Como posso saber se minha DA é grave o suficiente para exigir tratamento mais intenso?
R: Se a área afetada da sua pele é extensa, sua DA não está respondendo aos tratamentos tópicos, ou a coceira intensa está prejudicando sua vida diária, pode ser hora de discutir terapias mais avançadas com seu dermatologista.

Cremes, Pomadas e Terapia com Luz

No tratamento de casos leves de DA, as opções tópicas geralmente são a primeira opção. Estas incluem:

  • Brejo de alcatrão: um remédio antigo que trata efetivamente a DA e outras condições da pele, aliviando a inflamação e reduzindo a coceira.
  • Cremes esteroides: estes ajudam a controlar a coceira e promovem a cicatrização da pele.
  • Inibidores da calcineurina: medicamentos como pimecrolimus (Elidel) e tacrolimus (Protopic) reduzem a inflamação, suprimindo a resposta imunológica.
  • Crisaborole (Eucrisa): uma nova pomada que alivia a inflamação, coceira e erupções cutâneas em pacientes com DA a partir de 2 anos de idade. 🆕

Para pessoas com DA em áreas maiores do corpo ou manchas resistentes, a fototerapia (terapia com luz) pode ser recomendada. Esse tratamento utiliza luz ultravioleta (UV) para ajudar a limpar a pele.

🔍 P: Existem alternativas para cremes esteroides no tratamento de DA?
R: Sim, várias opções existem, incluindo inibidores da calcineurina e crisaborole (Eucrisa). Essas alternativas podem ajudar a controlar a inflamação e a coceira sem os efeitos colaterais associados ao uso prolongado de esteroides.

Indo Além da Superfície: Tratamentos em Todo o Corpo

Se os tratamentos tópicos não forem suficientes ou se sua DA afetar áreas maiores do corpo, podem ser necessários medicamentos sistêmicos. Os dermatologistas frequentemente usam certos medicamentos fora das indicações para tratar DA, o que significa que eles são aprovados para outras condições, mas também mostraram eficácia no tratamento de DA. Alguns desses tratamentos em todo o corpo incluem:

  • Ciclosporina: este potente imunossupressor é eficaz na redução da inflamação na pele.
  • Azatioprina, Metotrexato, Micofenolato de mofetila: esses medicamentos funcionam de maneira semelhante à ciclosporina, suprimindo a resposta do sistema imunológico hiperativo que contribui para a DA.

💊 Uma desvantagem dos tratamentos sistêmicos é o potencial de efeitos colaterais graves, como danos nos rins ou fígado, pressão alta, tremores, dores musculares e desequilíbrios eletrolíticos.

Um Grande Avanço para DA Moderada a Grave

Em 2017, a FDA aprovou a primeira droga biológica para DA, chamada dupilumabe (Dupixent). Este tratamento inovador revolucionou o manejo da DA moderada a grave em adultos e crianças a partir de 6 anos de idade. O Dupixent é administrado por meio de injeções subcutâneas a cada duas semanas e funciona bloqueando duas proteínas, interleucina-4 (IL-4) e interleucina-13 (IL-13), que contribuem para a inflamação relacionada à DA.

🔥 Alerta de Metáfora! “Se você pensar na pele como se estivesse pegando fogo, uma medicação como o metotrexato ou prednisona [um esteroide] age como um cobertor antichamas. Ele sufoca o fogo”, explica o Dr. Strowd. “Enquanto um remédio como o Dupixent é como pegar um extintor de incêndio e mirar na fonte do fogo. É um alvo muito mais específico.” 🔥

Em estudos clínicos, o Dupixent demonstrou resultados notáveis, limpando efetivamente a pele, aliviando a coceira e melhorando a qualidade de vida dos pacientes com DA. Mais de 50% dos indivíduos relataram uma redução de 75% nos sintomas após 16 semanas de tratamento, com essas melhorias durando a longo prazo.

O Dupixent é geralmente seguro, com efeitos colaterais leves como reações na pele no local da injeção, feridas frias na boca ou nos lábios, vermelhidão, inchaço, coceira nos olhos e pálpebras e conjuntivite sendo as ocorrências mais comuns. No entanto, uma desvantagem é o seu custo, que ultrapassa $3,200 por aplicação. A cobertura e as despesas do próprio bolso dependem do seu seguro saúde específico, pois alguns provedores podem exigir que você tente opções mais acessíveis antes de conceder a cobertura para o Dupixent.

🔍 P: Existem outras opções biológicas disponíveis para o tratamento da DA?
R: Sim, o tralokinumab-ldrm (Adbry) é outro biológico recentemente aprovado que bloqueia a interleucina-13. Ele é administrado como uma injeção a cada duas semanas e tem efeitos colaterais e custos semelhantes ao Dupixent. Para aqueles que têm aversão a injeções, inibidores orais de JAK como abrocitinibe (Cibinqo) e upadacitinibe (Rinvoq) oferecem uma opção alternativa.

Transformação que Muda a Vida

Novos tratamentos, como o Dupixent, trouxeram uma mudança de paradigma no tratamento da DA, oferecendo esperança para aqueles que há muito tempo sofrem com seus efeitos debilitantes. Essas inovações tornaram possível que indivíduos com DA alcancem uma pele limpa ou quase limpa, melhorando drasticamente sua qualidade de vida.

🌟 Canto da Empatia: De acordo com o Dr. Strowd, “Isso muda completamente a vida das pessoas quando elas estão sofrendo. É uma parte muito gratificante do tratamento dessa doença em nossa era moderna.” 🌟

Lembre-se de que a jornada de cada pessoa com DA é única e é fundamental trabalhar em conjunto com seu provedor de saúde para encontrar a melhor abordagem de tratamento para você. Não hesite em explorar as opções disponíveis e defender o seu bem-estar. Juntos, podemos extinguir as chamas ardentes da DA e recuperar uma pele saudável e feliz.

Referências

  1. Mayo Clinic: Dermatite atópica (eczema)
  2. Associação Nacional de Eczema: Dupixent para Perguntas frequentes sobre Dermatite Atópica, Perguntas Frequentes – Adbry (Tralokinumab-ldrm), Perguntas frequentes – Opzelura (Ruxolitinib) Creme, Perguntas frequentes – Rinvoq (Upadacitinib), Inibidores JAK Estão Chegando e São a Maior Novidade de Desenvolvimento em Eczema em Anos, Fototerapia sob prescrição médica
  3. Dermatologia e Terapia: Tratamento sistêmico da dermatite atópica em adultos: uma revisão
  4. Comunicado de imprensa, FDA: Novas aprovações de medicamentos
  5. Comunicado de imprensa, Associação Nacional de Eczema: Um novo tratamento para adultos com dermatite atópica de moderada a grave
  6. Jornal da Academia Americana de Dermatologia: Dupilumabe mostra segurança e eficácia a longo prazo em pacientes com dermatite atópica moderada a grave inscritos em um estudo de extensão aberta da fase 3
  7. Dupixent: Preços e Seguros Dupixent

🗣️ Vamos espalhar a palavra sobre o tratamento do DA e ajudar outras pessoas a encontrar alívio! Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares nas redes sociais e, juntos, podemos conquistar a dermatite atópica! 🌈✨