Quanto tempo leva para os DMARDs fazerem efeito no tratamento da artrite reumatoide?

Quanto tempo leva para os DMARDs serem eficazes no tratamento da AR? Compreenda o tempo necessário para a medicação de artrite reumatoide atingir seu potencial máximo.

🌟Você sabia que os DMARDs costumavam ser chamados de SARDs? Isso mesmo, eles eram conhecidos como medicamentos antirreumáticos de ação lenta!🌟 Mas não se deixe enganar pelo nome – esses medicamentos podem levar algum tempo para mostrar sua eficácia completa.

Então, quanto tempo você precisa tomar um medicamento antirreumático modificador da doença (DMARD) para artrite reumatoide (AR) antes que ele comece a funcionar? Bem, de acordo com Eric M. Ruderman, MD, um reumatologista da Rheumatology da Northwestern Medicine em Chicago, pode variar dependendo do DMARD específico que você está usando. Mas uma coisa é certa, geralmente leva entre 6 a 12 semanas para ver uma resposta.

Agora, eu sei o que você está pensando – por que isso leva tanto tempo? 🤔 Para entender isso, vamos mergulhar em como os DMARDs funcionam e por que eles são uma parte importante do tratamento da AR.

Como os DMARDs funcionam para a AR?

No passado, os medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) como ibuprofeno e naproxeno eram o tratamento padrão para AR. Embora possam ajudar com a dor nas articulações e a inflamação, eles não previnem o dano nas articulações. É aí que entram os DMARDs.

De acordo com o Dr. Ruderman, os DMARDs são prescritos assim que você é diagnosticado com AR porque eles não apenas controlam os sintomas, mas também tratam a doença subjacente. Esses medicamentos vão além de aliviar a dor – eles bloqueiam a inflamação e retardam o processo da doença, o que ajuda a minimizar o dano nas articulações e as complicações associadas à AR, como problemas cardíacos.

💡Pense nos DMARDs como super-heróis combatendo a maldita inflamação em seu corpo, protegendo suas articulações de danos adicionais!💪

Embora os AINEs e os corticosteroides ainda sejam importantes para controlar os sintomas da AR, os DMARDs atuam como a base do tratamento. Eles trabalham em conjunto com seu sistema imunológico para retardar ou até mesmo interromper a progressão da doença.

Por que os DMARDs demoram tanto para funcionar?

Agora, você pode estar se perguntando por que esses medicamentos não fazem mágica da noite para o dia. Bem, meu amigo, é porque os DMARDs tratam a inflamação subjacente, e isso não é algo que possa ser resolvido com um estalo de dedos.

O Dr. Ruderman explica que, embora algumas pessoas possam ver algum benefício imediato, geralmente leva mais tempo para aliviar sintomas como articulações inchadas, doloridas e rigidez matinal. Paciência é fundamental aqui!

Lembre-se, Roma não foi construída em um dia, e os benefícios dos DMARDs também não!

Outro fator que contribui para o tempo que os DMARDs levam para fazer efeito é encontrar a dosagem certa. Pegue o metotrexato, por exemplo. Seu reumatologista pode começar com uma dose baixa por cerca de um mês. Se isso não fornecer alívio suficiente, eles podem aumentar a dosagem. Geralmente, leva cerca de 3 meses para avaliar se o medicamento é eficaz. Para alguns tipos de DMARDs, você pode precisar esperar até 6 meses para sentir o máximo benefício.

Quais são os diferentes tipos de DMARDs?

Agora que abordamos como os DMARDs funcionam e por que eles levam tempo para mostrar seus efeitos completos, vamos falar sobre os diferentes tipos desses medicamentos.

Há duas categorias principais: DMARDs convencionais e DMARDs biológicos. DMARDs convencionais agem em seu sistema imunológico como um todo, combatendo a inflamação. Por outro lado, DMARDs biológicos visam proteínas específicas envolvidas na resposta imunológica.

Aqui estão alguns exemplos de medicamentos DMARD usados para AR:

  • Azatioprina
  • Hidroxicloroquina
  • Leflunomida (Arava)
  • Metotrexato (Rheumatrex, Trexall)
  • Sulfassalazina
  • DMARDs biológicos (inibidores do fator de necrose tumoral): adalimumabe (Humira), certolizumabe (Cimzia), etanercepte (Enbrel), golimumabe (Simponi) e infliximabe (Avsola, Inflectra, Remicade, Renflexis)
  • Inibidores de células B: rituximabe (Rituxan, Ruxience, Truxima)
  • Moduladores seletivos de coestimulação: abatacepte (Orencia)
  • Inibidores da janus quinase: baricitinibe (Olumiant), tofacitinibe (Xeljanz) e upadacitinibe (Rinvoq)

O metotrexato costuma ser o primeiro medicamento DMARD que os médicos receitam para a AR, mas outras opções como hidroxicloroquina, leflunomida e sulfassalazina também são tratamentos comuns. De acordo com o Dr. Ruderman, a leflunomida e o metotrexato costumam demorar mais para alcançar sua plena eficácia.

Os DMARDs biológicos, por outro lado, costumam agir mais rapidamente. O Dr. Ruderman observa que você pode esperar ver alguns benefícios significativos em cerca de 6 semanas, às vezes até mais cedo, com esses medicamentos. Os inibidores de quinase mais recentes, como tofacitinibe e upadacitinibe, agem ainda mais rapidamente, mostrando efeitos em um mês.

Como é um Tratamento Bem-sucedido?

Agora, vamos falar sobre o objetivo final do tratamento da AR: a remissão. 🌈

O Dr. Ruderman explica que alcançar a remissão é o resultado ideal, especialmente quando as pessoas são tratadas precocemente. A boa notícia é que entre 60% e 75% das vezes, a remissão pode ser alcançada com os medicamentos certos.

Remissão significa ausência de articulações inchadas, doloridas ou sensíveis. Claro, você pode ter um dia a cada semana ou duas em que não se sente bem ou tem algum inchaço matinal, mas esses problemas devem melhorar rapidamente. Essencialmente, você deve sentir que a AR não está mais interferindo em sua vida.

Infelizmente, se você já tem AR há algum tempo, pode já ter uma quantidade considerável de danos nas articulações. Os tratamentos mais antigos não eram tão eficazes na prevenção de danos a longo prazo. Embora os DMARDs não possam reverter os danos que já ocorreram, eles ainda podem desacelerar a doença e potencialmente prevenir mais danos nas articulações.

Como Saber Qual Medicamento é o Melhor para Você?

Encontrar o DMARD certo para você pode ser um processo um pouco de tentativa e erro. Embora existam vários medicamentos excelentes disponíveis, é desafiador prever qual será o melhor para um indivíduo.

“Simplesmente não temos uma boa maneira de escolher entre eles”, diz o Dr. Ruderman. É por isso que você pode precisar experimentar vários medicamentos antes de encontrar aquele que oferece os melhores resultados para você.

📚A propósito, se você estiver interessado em se aprofundar no assunto dos DMARDs, pode consultar estas fontes para obter mais informações:📚

  1. UpToDate: “Educação ao paciente: Medicamentos antirreumáticos modificadores da doença (DMARDs) na artrite reumatoide (Além do Básico)”
  2. Centro de Artrite da Johns Hopkins: “Tratamento da Artrite Reumatoide”
  3. Fundação Artrite: “Medicamentos Biológicos”
  4. Fundação Artrite: “DMARDs”

Por Quanto Tempo Você Precisa Tomar DMARDs?

Ok, aqui está a pergunta de um milhão de dólares: por quanto tempo você precisa tomar DMARDs para a AR? A resposta em poucas palavras: praticamente para sempre. 😱

A AR é uma doença crônica e, por enquanto, nenhum dos medicamentos disponíveis pode curá-la. No entanto, os DMARDs são excelentes para controlar a progressão da doença. Portanto, uma vez que você encontre um DMARD que funcione para você, pode continuar usá-lo por até 15 a 20 anos antes de considerar alternativas. As pesquisas mostraram que interromper completamente o tratamento com DMARDs, mesmo durante a remissão, pode levar a crises de sintomas.

💊 Pense nos DMARDs como seu fiel ajudante, sempre ao seu lado na luta contra a AR! 💊

Dito isso, à medida que você entra em remissão, seu reumatologista pode discutir a possibilidade de diminuir a dosagem ou aumentar o intervalo entre as doses. É um equilíbrio que seu médico o orientará para garantir o melhor resultado no controle dos sintomas da AR.

🌟 Lembre-se, você não está sozinho nessa jornada. Procure seu profissional de saúde para obter conselhos e orientações personalizadas! 🌟

💬 Olá pessoal, leitores! Vocês têm alguma pergunta sobre DMARDs ou tratamento para AR? Deixe-as nos comentários abaixo e farei o possível para abordá-las. 💬

Não se esqueçam de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares que possam achá-lo útil. Juntos, vamos conscientizar sobre a artrite reumatóide e capacitar aqueles que convivem com essa condição! 🎗️

_*Fonte da imagem: BrianAJackson / Getty Images_