Bebidas açucaradas aumentam as chances de doenças no fígado e câncer em mulheres

Bebidas açucaradas aumentam risco de doenças no fígado e câncer em mulheres

Existem muitos motivos para evitar bebidas açucaradas e uma nova pesquisa destaca mais um: mulheres que consomem refrigerantes e outras bebidas adoçadas têm maior risco de desenvolver câncer de fígado e doença hepática crônica.

Analisando dados de quase 100.000 mulheres, os pesquisadores descobriram que quase 7% das mulheres consumiam uma ou mais bebidas açucaradas diariamente. Essas mulheres tinham um risco 85% maior de câncer de fígado e 68% maior de morte por doença hepática crônica em comparação com aquelas que consumiam menos de três bebidas açucaradas por mês.

“Até onde sabemos, este é o primeiro estudo a relatar uma associação entre o consumo de bebidas açucaradas e a mortalidade por doença hepática crônica”, disse o coautor do estudo Longgang Zhao, pesquisador pós-doutorado da Divisão de Medicina em Rede do Brigham and Women’s Hospital em Boston.

“Nossas descobertas, se confirmadas, podem abrir caminho para uma estratégia de saúde pública para reduzir o risco de doenças hepáticas”, disse Zhao em um comunicado de imprensa do hospital.

Os pesquisadores usaram dados de mulheres pós-menopáusicas do grande estudo Women’s Health Initiative. As participantes relataram seu consumo habitual de refrigerantes ou bebidas de frutas (não suco de frutas), e depois relataram o consumo de bebidas adoçadas artificialmente após três anos.

O estudo acompanhou as mulheres por uma mediana de mais de 20 anos (metade mais, metade menos). Os autores analisaram a incidência de câncer de fígado autodeclarado, bem como as mortes por doença hepática crônica, como fibrose, cirrose ou hepatite crônica. Esses relatos foram verificados por prontuários médicos ou pelo Índice Nacional de Óbitos.

As descobertas somam-se às evidências existentes de que bebidas açucaradas são prejudiciais à saúde. Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, o consumo frequente de bebidas açucaradas está associado a ganho de peso, obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas, doenças renais e doenças hepáticas não alcoólicas. Também está relacionado à cárie dentária e às cáries, além de gota, um tipo de artrite.

O estudo também aponta que 65% dos americanos consomem bebidas açucaradas diariamente.

Estudos adicionais serão necessários para validar esses resultados, pois o estudo se baseou em relatos próprios sobre consumo de açúcar e resultados. O artigo não pode realmente provar a conexão, nem explica por que as bebidas açucaradas podem estar relacionadas a um aumento do risco de câncer e doenças hepáticas.

Os resultados do estudo foram publicados em 8 de agosto no Journal of the American Medical Association.

Mais informações

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos têm mais informações sobre bebidas açucaradas.

FONTE: Mass General Brigham, comunicado de imprensa, 8 de agosto de 2023

PERGUNTA